Carregando...
Sem categoria

Composição de páginas – Batman, TDK de Frank Miller – Bruce e a morte de seus pais

Lembranças de Bruce Wayne!

TDk Bruce vinho TDK Bruce morte pais

Essas são algumas das paginas presentes na obra The Dark Knight Returns de Frank Miller. Nas 2 primeiras, vemos Bruce sentado na cadeira, assistindo TV, quando ele tem um flashback da noite fatídica em que seus pais morreram. As páginas são praticamente monocromáticas em azul, uma cor fria, que representa a solidão, angustia, mas também leva a ponderação e a tranquilidade, e a cena é coberta com tons escuros. Somente alguns elementos possuem cor, o vinho, o cinema, que representa um momento até então alegre, e as balas. Elementos importantes da cena, que merecem destaque.

Os quadros são simples, simétricos, todos do mesmo tamanho, dá uma ideia de continuidade, sequencia. É uma cena em que Bruce lembra de todos os detalhes, e por isso mostrada, aos detalhes, focando cada ato, a mão caindo lentamente, a bala sendo atirada, o gatilho sendo apertado, detalhes que ajudam a entrar na trama e a sentir a angustia de Bruce. Na HQ, Bruce há 10 anos aposentou o manto do Batman. Mas nesta cena, ele se lembra, que Batman é a real identidade, e Bruce é a máscara, não ao contrario.

TDK Bruce doidao

Agora estamos na próxima pagina, dando continuidade.

Ela está dividida em 2 partes. A 1ª, vemos Bruce derrubando uma estátua, com uma espécie de janela no fundo, o que também representa uma área de alivio, inclusive pra nos leitores, que assim como o Bruce, queremos nos livrar um pouco desta angustia. Aqui o quadro não possui limitações, é um momento chave de toda a cena. O fundo é azul, mais puxado para o ciano agora, o que tranquiliza um pouco mas ainda é um momento angustiante, como se algo o incomodasse, Bruce foge. E começa um dialogo, entre as personalidades de Bruce e Batman, como se um lado falasse com o outro. Já na 2ª parte, Bruce está no banho, tentando se acalmar e retomar o folego, mas as cenas passam na cabeça.

Os quadros que representam o presente, as cenas do banho, são puramente hachuras, quase não possuem limitações com linhas. E são preto e branco, o que torna o memento um pouco apático, mas ainda demonstra uma angustia, inclusive pelos gestos, como o ato de fechar os punhos. E somente nestes quadros, possuem falas. Os flashbacks entre as cenas do banho, nela os quadros são maiores, sem falas, o silencio diz tudo nestas horas. Em cores, focando os elementos responsáveis pela angustia e irritabilidade, mas, ainda sendo puxado para monocromia em azul. Assim, o menino Bruce, a bala e o colar de pérolas, ganham destaque, como um soco. E as falas nos quadros do banho, retomam nossa atenção ao presente, o que força ainda mais o fato de que os outros quadros são flashbacks.

E as falas, possuem uma certa sonoridade:

O momento chegou
Em sua alma você sabe
Pois eu sou sua alma
Não há como escapar de mim
Você é frágil
E você é pequeno
Você é menos do que nada
Uma carcaça vazia
Um trapo, que não pode se esconder
Ardentemente eu queimo
e queimando eu brilho em chamas, belo e feroz
Você não pode me deter
Não com vinho
Nem com juramentos
Nem com o peso da idade
Você não tem como me deter
E mesmo assim
Ainda tenta
Ainda foge
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.