fbpx
Carregando...
curiosidade

Liga da Justiça Sombria: Guerra de Apokolips

Não contém spoilers!

Há muitos que concordam que as animações da parceria DC/Warner são as melhores, quando se trata de heróis dos quadrinhos (inclusive, eles deveriam investir mais nelas do que nas telonas). Em cima disso, outro dia me deparei com Liga da Justiça Sombria: Guerra de Apokolips, de 05 de maio de 2020, dirigido por Christina Sotta e escrito por Marghread Scott.

O filme começa com um plano do Superman, junto a Liga da Justiça para atacar o planeta do Darkside, Apokolips; com a ajuda dos Novos Titãs ficando na Terra para protege-la. Durante a invasão algo dá muito errado e o filme retoma sua trama após dois anos, já com imagens do nosso planeta todo devastado, em meio ao caos e vigiado pelo Parademônios modificados.

Os primeiros heróis que vemos são: Etrigan, Ravena, Constantine e Superman, porém esse último está diferente. Durante o encontro dos quatro, é contado o que ocorreu durante o ataque e também com todos os heróis que estavam envolvidos. Nessa parte temos cenas bem fortes, que nos chama bastante atenção, já que não é algo tão comum nas animações. Durante o desenrolar do filme, ele nos traz grandes surpresas ao introduzir vários personagens que montam uma equipe de contra-ataque bem improvável como, Esquadrão Suicida (com uma liderança), Lex Luthor e Lois Lane.

Em paralelo ao enredo principal, tem o famoso confronto entre Ravena e Trigon, seu pai que está aprisionado em uma joia que ela tem em sua testa. Algo que se torna crucial mais à frente, assim como a participação de Constantine.

Com uma hora e meia de filme, Liga da Justiça Sombria: a Guerra de Apokolips; traz pra gente todos os clichês que envolvem os heróis. Com uma dinâmica muito boa, o enredo é bem fácil de entender e nem percebemos o tempo passar, o que se torna uma ótima opção para aquele domingo tedioso. O seu final, ao mesmo tempo que segue um padrão, também nos surpreende, deixando algumas pontas soltas para uma continuação.

 

 Gabriel Albuquerque

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.