Loading...
Sem categoria

Homem de Ferro – O retorno do Homem de Titânio

Um quadrinho lançado em 1997 na revista “Grandes heróis Marvel 57” da editora Abril. Foi escrita por Len Kaminski e desenhada por Tom Morgan.

Ela na verdade é dividida em 2 partes, onde as tramas se entrelaçam.  Temos um antigo professor de Tony Stark. Ele foi de grande importância para que Tony se tornasse o cientista que ele é. Importância essa que vemos por meio de flashbacks do passado. Època em que Tony era apenas um estudante. Mas que devido ao fato do professor está sofrendo de Alzheimer, tem criado problemas até virar uma criatura problema. E temos o Homem de Titânio ficando revoltado devido o fim da guerra fria.

Basicamente, 2/3 da HQ é o Homem de Titânio enfurecido querendo destruir tudo porque desonraram a URSS, enquanto Homem de Ferro, com a ajuda de 2 ex inimigos que também eram da URSS, tentam trazer a razão para o enfurecido. Começa com uma abordagem interessante, Tony Stark vai abrir uma filial de sua empresa na Russia, mostrando que são novos tempos. Quando o Homem de Titânio entra em ação, os pontos referentes ao que foi o conflito da guerra fria são bem superficiais, como se tivesse um lado bom e um lado ruim.

Pelo menos no quadrinho, reconhece que se é um problema entre os russos. Os russos é que tem que resolver… até a “página 2”. Já que ficam dependendo do Homem de Ferro do mesmo jeito.

Mas o confronto é bem interessante e a narrativa flui bem. No final da revista, acontece o confronto contra a criatura que o antigo professor virou. As reflexões vindas do Tony Stark são interessantes, mas o design da criatura é estranho, como se tivesse sido feita de qualquer forma. O problema está mais na textura, que parece um monte de rabiscado e se a intenção era passar a ideia de uma textura de metal líquido, não deu muito certo, deixando o último confronto fraco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.