Loading...
Sem categoria

Gestalt nas HQs – Parte 3

Continuando sobre Gestalt nas HQs.

E temos a lei da unidade, embora na ilustração abaixo não existam linhas que desenhem um urso panda inteiramente, identificamos perfeitamente o animal, referente ao logo da WWF. Ou seja, a percepção humana tende a unificar o objeto, o que permite também a compreensão de imagens abstratas.

Um quadrinho que utiliza muito disso, é o Sin City de Frank Miller. Assim como a lei do fechamento, que conforme esse princípio, damos aos objetos uma necessidade de completude. Ou seja, obtém-se a sensação do fechamento visual por um meio do agrupamento de elementos de maneira a construir uma figura total.

De quebra, temos uma imagem da HQ que além destas duas leis, apresenta a lei da segregação. Algo constante na HQ de Frank Miller, é destacar elementos importantes da narrativa com cores, sendo que todo o resto é preto e branco.
Gestalt nas HQs

E temos também em Gestalt, classes de categorias conceituais, para complementar este sistema de leitura visual e torna-lo mais eficaz. Entre as categorias, podemos dar destaque a Harmonia e Desarmonia, Equilíbrio e Desequilíbrio e por fim Contraste. Elementos importantes para o desenvolvimento de páginas de forma a deixar a informação clara e evitar poluição visual. Ou mesmo, sendo usadas como estruturas narrativas. Nesta parte, podemos entrar também em Teoria da Forma, a partir de um trabalho do Kandiscky. Mas isso é assunto para outro dia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.