Loading...
Sem categoria

Batman e Robin e pedofilia?

Batman e Robin há tempos, graças ao Fredric Wertham, faram taxados de casal gay. A questão aqui não é entrar no ponto de sexualidade dos personagens, mas algo que poucos parecem ter notado. Batman e Robin como casal gay é relacionar homossexualismo com pedofilia. De tal forma que geralmente o Robin é menor de idade e está na adolescência. E costuma está com 12 anos. Sendo que ao entrar na fase adulta, geralmente largam o manto de Robin para assumir alguma outra identidade. Inclusive temos Robin mulher e ela também é menor de idade. Em algumas HQs, Gordon questiona Batman levar uma criança ao campo de batalha.

Seria como falar que Harley Quinn e Coringa são um belo casal. De fato temos bastante representatividade homossexual nos quadrinhos do Batman. A própria Harley Quinn com a hera Venenosa, a Batwoman, até o Coringa diversas vezes mostra uma conotação sexual, ainda que bizarra, pelo Batman. Esse último pode não ser a melhor representatividade, mas não é mostrado como o homossexualismo ser o problema do Coringa. E ainda temos o Laterna Verde Alan Scott entre outros.

Batman quando surgiu, era um personagem violento. Então para suavizar o personagem criaram um que vinculasse a um público mais infantil.

Um dos meios para aproximar do público alvo, é um personagem com a mesma idade. Outro elemento também, é que relacionamentos amorosos, podem ser desfeitos. Mas relacionamento pai e filho não, ainda que seja adotado. E Dick Grayson ainda teve uma tragédia semelhante ao de Bruce, com os pais mortos por criminosos diante de seus olhos. Robin ainda tem inspiração em Peter Pan, a eterna criança. Então o relacionamento entre Batman e Robin sempre foi construído para ser algo pai e filho.

Saindo dos quadrinhos, ainda mais que hoje, grupos homofóbicos tentam relacionar homossexualidade com pedofilia. Como se um homossexual fosse uma doença a ponto de abusar de crianças ou incentivar sexo entre crianças. A sorte, é que ao ver Batman e Robin como casal, ninguém nunca relacionou que o menino prodígio ainda é um menino e não um homem. Mas pode ser que algo que tenha ajudado a espalhar esta imagem, foi a série da década de 60 com Adam West. Uma série que satirizava a sexualidade do personagem. Nela Robin não era representado por uma criança. Assim como nos filmes em geral e até animações. A maioria dos Robins são adultos. 

Vale lembrar, que o atual Robin é o filho biológico de Bruce Wayne.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.