Loading...
Sem categoria

Adaptações

adaptações de animes e mangás

O que é importante para que as adaptações fiquem ao agrado dos fãs?

Todo fã gosta de ver a obra que ele gosta transposta em alguma outra mídia, as adaptações. Entretanto cada uma possui suas vantagens e desvantagens.

Quando lemos um livro, imaginamos os elementos da história, aos ambientes as características físicas dos personagens. Quando vai para o quadrinho (ou outra mídia visual), vemos tais personagens e/ou ambientes que até então apenas poderíamos imaginar com vida. No entanto, tendo como base a imaginação de alguém.

Se tratando de desenho (impresso ou animado), as representações podem ser mais próximas das descrições. Contudo em um filme, isso pode depender do diretor, que pode focar em aspectos físicos, atuação ou os 2. De um quadrinho para uma animação, aqueles desenhos começam a ganhar vida. Mas somente quando viram filme, viram de carne e osso. Se virar jogo, você passa a interagir e a ser participante da história.

A diferença entre os jogos do Batman com os filmes, que enquanto nos filmes falamos que o ator é (ou não) o Batman ideal pros cinemas, nos games, nós somos o Batman. Isso faz toda a diferença. No entanto, as adaptações de um jogo ou de um filme levam 3 anos para um ser feito, e apenas 1. Enquanto quadrinho tem mensalmente e as vezes várias histórias em um único mês. O que permite explorar muito mais coisas antes de ir para alguma adaptação. Mas ainda assim, um filme ou um game tem muito mais alcance que um livro ou um quadrinho.

Mas ao ser transferido para uma outra mídia, temos diferenças na constituição de cada mídia que devem ser levadas em conta nas adaptações.

Por exemplo, na véspera da luta de Naruto vs Pain no anime, lançaram uma versão da animação mais próximo de como era o mangá, e a luta havia ficado curta e sem grande impacto. Mas foi apenas um atrativo, já que no anime, incrementaram explorando mais as possibilidades. Podemos citar outro exemplo, em Harry Potter, no confronto final com Voldemort, poderiam usar dos meios que o cinema tem para uma luta com um maior clímax e mais empolgante. Enquanto livros costumam ter condições de explorar elementos que muitas vezes são cortados quando viram série e principalmente filme.

Mas o que faz ser ou não uma boa adaptação?

O argumento de “é uma adaptação, se quer o original, vai ler o quadrinho ou o livro” é sempre válido? Obviamente que não.

Toda obra, ela tem uma essência, que gera o significado e as características que levam as pessoas a gostarem daquelas obras, e a adaptação tem que respeitar tais essências, ou serão meramente um produto aleatório que utiliza o nome para ganhar dinheiro a base dos fãs, o que no final é, enganando os fãs.

Modificações não causam problemas tanto que dentro das próprias mídias de origem personagens e/ou histórias já sofreram tais modificações. Mudanças no Batman e Coringa já foram feitas nas HQs muito antes de virarem filmes, assim como os Tomb Raiders de PS3 e PS4 não são mais os mesmos dos clássicos do PS1, nem por isso são inferiores ou superiores simplesmente pelas mudanças.

Podemos citar a série de adaptações dos filmes de Resident Evil que rapidamente virou uma série de filmes de ação. Os produtores até tentaram se justificar que os games mesmo estavam virando games de ação, mas os próprios fãs já estavam insatisfeitos com os games devido a estarem virando games de ação, já que isso fazia o jogo que é considerado “pai dos jogos de terror” perder a sua essência. Logo, até em sua mídia original uma obra pode perder a essência.

Se citarmos o Coringa, por mais que a proposta tenha ficado diferente em alguns filmes, dava para ver que era o Coringa. Inclusive novas propostas pro personagem vira e mexe surge nas próprias HQs.

Em suma, se diante de adaptações, as mudanças gerarem uma estranheza mas, gera uma reação estilo “está diferente, mas dá para ver que ainda é ele”, está tudo certo, mas se as mudanças fazem com que fique difícil de reconhecer a obra, já que determinadas características são a base destas obras, é uma má adaptação ainda que seja bom (Homem de Ferro 3, geralmente quem gostou deste filme não conhece os quadrinhos). Mas ainda assim, se a obra não se sustenta nem na sua mídia, não adianta ser uma boa adaptação e é ainda pior se não for nem bem adaptado. 

Consiga o seu por R$29,90
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.