Turma da Mônica – Lições

     Turma da Mônica – Lições, marca o retorno da dupla de irmãos Lu e Vitor Cafaggi com os adoráveis personagens do Maurício de Souza. É interessante ver (ou rever), personagens já muito bem estabelecidos e conhecidos sobre uma outra ótica e estilo de desenho. Como são tratados os detalhes característicos para reconhecer os personagens ao se usar um traço diferente do convencional para a turma. Em Lições, observamos diferenças de peso e tamanho, como por exemplo a Magali realmente magra e a Monica mais baixinha e gorducha. No original, era meio estranho ver Cebolinha dar esses apelidos para a Mônica, sendo que tinham o mesmo peso e tamanho.
     A composição é simples e eficiente. Mesmo usando um aspecto mais tradicional. Os irmãos Cafaggi utilizam-se de outros artifícios como a sangria vez ou outra, algo que mal acontece nos gibis mensais da turminha. A arte final é bem leve e suave.
     Na história, a turma não fez a lição de casa, tenta matar aula, não dá certo e acabam sendo pegos. Em seguida nos é mostrado como cada pai vai castigar (ou dar uma … lição) os filhos. Algo comum, que todos nós já devemos ter passado em nossa vida escolar (atire a primeira pedra quem nunca esqueceu de fazer a lição de casa e tentou copiar a do colega antes da aula começar). O erro deles no começo, gera uma série de situações que serão resolvidas até o final da HQ (uma interessante: os pais do Cascão resolvem coloca-lo na aula de natação).
      A narrativa é fluida, tem um aspecto mais “origem”, já que vemos como alguns personagens que aparecem vez ou outra sem ser os quatro clássicos, serem conhecidos pela turma (como o Quinzinho).

No final, se mostra uma divertida e satisfatória leitura. Aguardando o próximo.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.